√ŘŐ“”įŌŮapp

PORLuiz Carlos Bezerra
Jornalista

DATA17 de Novembro de 2023

COMPARTILHE

Comunidade

Visibilidade e protagonismo marcam dia da Consciência Negra

Acesso e permanência ao Ensino Superior representam conquistas

Resistência, luta e conquista de espaços marcam não apenas o dia 20 de novembro, data que faz referência ao Dia da Consciência Negra, como também sinalizam os diversos avanços ao longo desses anos. Na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) as frentes de atuação para promoção e protagonismo da pessoa negra se calçam em políticas de acesso e permanência tanto na produção do conhecimento científico quanto para gestão administrativa nos postos de trabalho e lideranças.

A data, criada por lei federal, faz referência à morte de Zumbi, que foi líder do Quilombo dos Palmares, localizado na região de Alagoas e Pernambuco, e conforme explicou a presidente da Comissão de Heteroidentificação de Candidatos (as) Negros (as) e Indígenas (CH) do Campus Cuiabá e Várzea Grande, Karla Cristina Sousa Oliveira, se mostra ainda urgente e necessária.

‚ÄúNossa comiss√£o tem uma responsabilidade imensa que √© assegurar que os candidatos, seja para acesso √† gradua√ß√£o e p√≥s-gradua√ß√£o, ou mesmo postos de trabalho, via concurso p√ļblico, sejam ocupados por pessoas negras, pretas ou pardas. Nesse sentido, o significado da data da consci√™ncia negra gira em torno da reflex√£o sobre como os nossos antepassados viveram e conquistaram seus espa√ßos nas suas respectivas √°reas de atua√ß√£o‚ÄĚ, destacou, complementando que cabe ainda refletir sobre o que estamos fazendo para honrar e manter tais conquistas.

Para Karla Cristina Sousa Oliveira, que se autodeclara mulher negra de cor preta e ocupa cargo de gest√£o na Pr√≥-reitoria de Assist√™ncia Estudantil (Prae), alguns questionamentos tamb√©m s√£o relevantes para somar nessa luta pela igualdade e promo√ß√£o da pessoa negra. ‚ÄúEsse dia e durante todo o ano, precisamos ponderar se estamos combatendo o racismo estrutural, se estamos enfrentando situa√ß√Ķes de racismo como devem ser enfrentadas, por meio de den√ļncias e outras formas de veda√ß√£o‚ÄĚ, ressaltou.

Ciência e conhecimento não tem cor

Como um dado importante nesse contexto, a presidente demonstra que podemos celebrar ainda a , sancionada pelo presidente Luiz In√°cio Lula da Silva. ‚ÄúEssa importante lei federal, n¬ļ 12.711/2012, necessitava muito dessa reformula√ß√£o para acompanhar nossa din√Ęmica social. N√£o falamos aqui apenas de pessoas negras, mas de outras minorias e tamb√©m de situa√ß√Ķes burocr√°ticas que visam de fato dar essa oportunidade de acesso √†s institui√ß√Ķes p√ļblicas de ensino superior e m√©dio t√©cnico‚ÄĚ, destacou.

‚ÄúNa UFMT a gest√£o de cotas e a√ß√Ķes afirmativas t√™m buscado esse aperfei√ßoamento para permitir a verdadeira abertura de espa√ßos para ingresso, seja gradua√ß√£o e p√≥s-gradua√ß√£o, para nosso povo negro, quilombolos, deficientes, baixa renda,  al√©m do foco na promo√ß√£o √† diversidade de g√™nero, como mulheres trans‚ÄĚ, esclareceu, complemetnando que √© de suma import√Ęncia que a Comiss√£o de Heteroidentifica√ß√£o continue atuante para a garantia da efetividade dessa pol√≠tica coibindo poss√≠veis fraudes e acesso indevido de pessoas brancas em vagas reservadas para pessoas pretas/pardas e ind√≠genas.

Nesse sentido de melhorar o processo, Karla Cristina Sousa Oliveira, fala sobre o constante estudo e forma√ß√£o no assunto. ‚Äú A import√Ęncia das pol√≠ticas de igualdade racial tem rela√ß√£o intr√≠nseca com a a√ß√Ķes de letramento racial, tema este que ser√° abordado em uma das mesas de debate do IV curso de forma√ß√£o para a Comiss√£o de Heteroidentifica√ß√£o, que acontece entre os dias entre os dias 16 e 17 de novembro, no C√Ęmpus de Cuiab√°‚ÄĚ,  disse, finalizando que na a√ß√£o os participantes poder√£o discutir junto √†s pesquisadores do tema, al√©m de auxiliar na constru√ß√£o desse conhecimento.

Leia mais

UFMT capacita para heteroidentificação de negros e indígenas

Casa das Pretas recebe Mostra de Extens√£o da UFMT

P√≥s-gradua√ß√£o da UFMT reserva vagas para a√ß√Ķes afirmativas

Coletivo Negro oferece Formação Política e Científica

Dissertação aborda representação da mulher negra em HQ

Secomm produz vídeo sobre processo de heteroidentificação

Nepre divulga Projeto de Extens√£o sobre Feminismos Negros

Solenidade reconhece servidores negros com atuação na UFMT

Projeto do CNU representa UFMT em Jornada

TAGS:

Logo da UFMT
C√Ęmpus Cuiab√°

Av. Fernando Corr√™a da Costa, n¬ļ 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-8000

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

C√Ęmpus Araguaia

Unidade I - Pontal do Araguaia
Avenida Universit√°ria, n¬ļ 3500
Pontal do Araguaia - MT
CEP: 78698-000

(66) 3402-1108

Unidade II - Barra do Garças
Avenida Valdon Varj√£o, n¬ļ 6390
Barra do Garças - MT
CEP: 78605-091

(66) 3402-0736

Funcionamento Administrativo 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:30 (horário local)

C√Ęmpus Sinop

Avenida Alexandre Ferronato, n¬ļ 1200
Bairro Residencial Cidade Jardim - Sinop - MT
CEP: 78550-728

(66) 3533-3100

(66) 3533-3122

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

C√Ęmpus V√°rzea Grande

Av. Fernando Corr√™a da Costa, n¬ļ 2367
Bairro Boa Esperança - Cuiabá - MT
CEP: 78060-900

(65) 3615-6296

Funcionamento Administrativo 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30